De acordo com informações que consta no boletim de ocorrência, os policiais do núcleo de inteligência da PM, começaram a investigar a quadrilha após uma onda de assaltos e Furtos começou a ser registradas nos últimos meses em Cacoal, as vítimas repassaram as características dos suspeitos e sempre eram as mesmas, que os bandidos usavam de violência e ameaças de morte onde muita das vezes as vítimas eram torturadas tanto fisicamente quanto psicologicamente, usavam uma pistola e um revólver e roubavam os pertences das vítimas e fugiam deixando as vítimas amarradas e trancadas em cômodos.

Os policiais descobriram que o bando era da cidade de ji-paraná, que estava em Cacoal a poucos meses e alugaram uma residência na Rua Celestino Rosalino, bairro Vista Alegre e resolveram fazer a averiguação indo até a casa, onde o bando foi surpreendido e durante revista na casa foi encontrado uma pistola calibre .40 e um revólver calibre 38 ambos municiados, drogas do tipo maconha e cocaína, além de vários objetos de procedência duvidosa e durante pesquisa nominal foi verificado que todos já possuem passagem pela polícia, inclusive o adolescente é foragido da Cesea de Ji-paraná.

Além da casa servir como esconderijo, eles também mantinham uma boca de fumo e boa parte dos suspeitos negaram o envolvimento com os roubos que foram registrados, porém foram reconhecidos por várias vítimas que eles fizeram. Eles se titularam ser membros da facção criminosa do PCC (primeiro comando da capital). Eles receberam voz de prisão e foram levados para a Unisp onde foram ouvidos pelo delegado de plantão e devem responder por pelo menos quatro tipos de crimes, posse irregular de arma de fogo, receptação, organização criminosa e tráfico de drogas, ficando todos à disposição da justiça.

 

Fonte:Hora 1 Rondônia